sexta-feira, 25 de julho de 2014

As Traduções Do Espírito Santo

Romanos 8:27 - E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
 
Oração é, ao mesmo tempo, uma prática muito simples e, também, uma coisa muito profunda, acima de nossa compreensão racional. Paulo tenta nos explicar porque a oração, no nome de Cristo, funciona. “E Deus, que vê o que está dentro do coração, sabe qual é o pensamento do Espírito. Porque o Espírito pede em favor do povo de Deus e pede de acordo com a vontade de Deus” (Romanos 8:27).

Quando um bebê “começa a falar” ele não fala nada. Pelo menos, nada que se pareça com a linguagem dos adultos, que é muito sofisticada, para a mente, imatura da criança. Quando, entretanto, vemos a mãe do bebê “falando” com ele, ficamos intrigados: “como é que pode, a mãe entender aqueles sons sem sentido emitidos pelo filho?”. A gente, que não é mãe dele, não entende nada! Assim, ao som de “ah-ah”, a mãe traduz (e certo), dizendo que o filho quer “água”. Logo depois, diante do mesmo “ah-ah”, a mãe entra em cena e traduz: ele está querendo colo. Como se isto não bastasse, diante do terceiro “ah-ah” a gente arrisca – “ele está querendo água, outra vez, ou pedindo colo”. Aí, com um sorriso que somente as mães conhecem, a jovem senhor ilumina delicadamente a nossa ignorância da realidade infantil e traduz corretamente: “não, o que ele está pedindo é o ursinho de pelúcia, para abraçar...” O amor da mãe faz, para seu filho, o papel de “personal trainer”: ela sabe das necessidades reais da criança e dá exatamente aquilo de que ela precisa...

O cristão também tem um cuidador, providenciado pelo seu Pai: é o Espírito. Às vezes, como acontece com qualquer criança, queremos algo fantasiosos que, se conseguido, pode até nos prejudicar. É aí que entra o Espírito do Cristo: Ele conhece, exatamente, aquilo de que temos necessidade. Por isso, Ele registra nossa oração infantil, traduz para a linguagem do Pai e, em função de nossa fé no Filho, Ele responde. Por causa da intercessão do Espírito, nós pedimos o que queremos e, felizmente, o Pai nos concede aquilo de que precisamos.. Esta estratégia nunca falhou e continua funcionando nos dias de hoje!

Nenhum comentário :

Postar um comentário